domingo, 26 de abril de 2009

Sporting 2 Estrela da Amadora 1

O Sporting conquistou uma vitória bastante sofrida, por culpa própria. O jogo podia ter sido bem mais fácil, se tivéssemos acabado com jogo mais cedo.
O jogo começou pouco rápido, sem grandes oportunidades de perigo. As equipas estavam a estudar-se, e nenhuma delas se destacava. O Sporting não demonstrava capacidade ofensiva no meio campo. O golo acabou por chegar por Postiga aos 19 minutos. Postiga de cabeça respondeu a um centro de Liedson. Como neste golo e em todo o jogo o Sporting só criava perigo com as movimentações de Liedson. Postiga podia ter bisado na partida, mas o guarda redes do Estrela chegou primeiro á bola, outra vez uma assistência do Levezinho, só que desta vez de calcanhar. O Sporting controlava a partida, sempre com o Estrela longe da nossa área, para isto contribuiu a boa exibição de Adrien. Mesmo em cima do apito para o intervalo, o jogador Marcelo teve espaço á frente da área e com um belo golo fez um empate. Foi a única situação de perigo para a equipa visitante ao longo do primeiro tempo. O jogo ia para intervalo empatado, e não se esperavam facilidades no segundo tempo.
O segundo tempo iniciou-se com um sinal mais da equipa que vinha da Reboleira. O golo pareceu fazer bem ao Estrela, e pelo contrário pôs a equipa leonina nervosa. Mas os nervos acalmaram como golo do Liedson. Boa jogada de Pedro Silva a subir pelo flanco, a cruzar a bola para a cabeça do 31 fazer o que melhor sabe. O golos animou a equipa e o Sporting voltou a dominar o encontro. Desta vez o domínio trouxe situações de perigo. Liedson por duas vezes falhou golos praticamente feito. O primeiro isolado, depois de um excelente passe de Postiga e o segunda a passe de Djálo. O Sporting não conseguiu acabar com o jogo, e os adeptos começaram a ficar nervosos, sentimento que passou para a equipa. Nos últimos minutos o Estrela subiu no terreno, com a equipa do Sporting com dificuldades em tirar a bola da sua área. O Estrela mesmo em cima do apito final podia ter empatado, não fosse Vidigal ter falhado de forma clamorosa o golo. Este lance enfureceu os adeptos contra o árbitro.O árbitro deixou que o livre fosse marcado de forma rápida, enquanto na primeira parte num lance idêntico a favor do Sporting o árbitro parou o jogo. O Sporting conquistou os três pontos mas não evitou um grande susto, totalmente desnecessário.
Pedro Silva voltou a realizar uma boa exibição, deu profundidade ao lado direito, e esteve no segundo golo. No lado contrário da defesa ,Caneira, teve sempre muitas dificuldades em subir e mesmo a defender mostrou-se inseguro. Polga também teve algumas falhas, enquanto Carriço teve impecável, sendo o melhor dos dois centrais. O meio campo esteve apagado, especialmente a nível ofensivo. Adrien foi o melhor elemento do quarteto, demonstrando boa capacidade de cortar situações de perigo e um bom passe. Veloso esteve lento, e como sempre não conseguiu criar perigo pelo flanco direito, Pereinha fez uma exibição muito abaixo do habitual. Pipi passou completamente ao lado do jogo. Com um meio campo tão apagado, os dois avançados foram fulcrais. Liedson fez um golo, e desequilibrou sempre que vinha atrás buscar jogo, fazendo a assistência do primeiro golo. Postiga não desaproveitou a oportunidade que teve e ainda fez um excelente passe que isolou o Levezinho no segundo tempo.
Foi a sexta vitória seguida do Sporting, o que demonstra o boa forma em que estamos. Mas como não estamos em primeiro não é suficiente, o Porto precisa de perder pontos e isso não têm acontecido. De realçar o bom ambiente em Alvalade, com os adeptos a demonstrarem estar com a equipa.

2 comentários:

Dina disse...

Estive lá e embora por vezes tivesse tido receio de que as coisas se complicassem saí de lá feliz pelos 3 pontos conquistados e pelo regresso de Postiga à equipa e aos golos.
Uma vez mais Liedson se destacou e foi juntamente com Postiga o melhor em campo.

Admin disse...

Força Sporting:)